jotofi



quinta-feira, 21 de maio de 2009

Bons Hábitos



Uma frase de Aristóteles, considerado um dos maiores pensadores de todos os tempos e criador do pensamento lógico, diz que: Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito mas um hábito. É isto mesmo! Sempre que faço referências ao estilo adotado por alguns gestores, os quais sempredizem que as pessoas constituem as peças mais importantes na organização, não entendo o fato pelo qual na hora de apresentar resultados positivos, as pessoas que contribuiram para esse feito são deixadas de lado.
O posicionamento de um gestor que apresente um perfil de liderança é muito mais do que comandar, é antes de tudo adotar uma postura de facilitador e mobilizador de sua equipe na busca de alcançar os resultados desejados. O gestor na maioria das vezes se constitui em um exemplo a ser seguido, principalmente quando ele é um líder, que trabalha ajudando às pessoas no sentido de alcançar objetivos traçados e na viabilização de idéias apresentadas. Neste caso, ele procura ter uma visão estratégica, pensando grande e tendo postura pró-ativa, conseguindo ver o que ninguém vê.
O líder que chega junto com sua equipe, adota uma visão ampla, se possível holística e sistêmica ao mesmo tempo. É condição básica para se obter bons resultados um posicionamento centrado em atitudes positivas identificando o potencial de cada colaborador, trabalhando a empatia e desenvolvendo boa dose de assertividade.
O gestor deve reconhecer que a atitude que ele adota determina a altitude que ele poderá alcançar. Adotando uma postura de facilitador, além de planejar suas ações, administra bem o seu tempo e constitui a base de toda sua confiança na integridade e na honestidade, condições básicas para estabelecer um processo de interação entre todos os colaboradores, incentivar o crescimento pessoal de cada um e criar um clima de boas relações interpessoais.
O incentivo sempre se constitui em um combustível necessário para motivar o bom desempenho dos colaboradores. Se você pretende ser um líder em sua organização, atente para algumas atitudes importantes para alcançar este objetivo. Evite a qualquer custo, qualquer atitude que faça com que seus colaboradores sintam-se inferiorizados. Evite qualquer postura baseada no pessimismo e trabalhe o encorajamento da equipe para superar obstáculos e conseguir resultados positivos. Lembre-se que atitudes do líder, influenciam as atitudes de seus colaboradores.
Finalmente, é bom lembrar a frase de Stephen R. Covey em seu livro “Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes”. Aprender e não fazer na verdade é não aprender. Saber e não fazer é na verdade não saber.


Um comentário:

rosana disse...

Ser líder é muitas vezes uma qualidade nata, mas isso não impede que ela seja aprendida durante o passar dos tempos. Muitas pessoas perdem, às vezes, a oportunidade de serem líderes ou exercer liderança no que fazem por não ter comportamentos adequados, para a visão de alguns. Comportamentos e habilidades essas ditas como fundamentais para uma pessoa ser um "bom líder", como por exemplo: Ter sempre postura exemplar diante das situações; Ter amor ou paixão pelo o que faz, ou pela atividade que exercer; Ser organizado, ter responsabilidades e sempre delegar funções para seus colaboradores, desta forma, descentralizando o poder que o mesmo possui; uma das coisas principais é a comunicação, que deve ser realizada de forma aberta, onde todos tenha conhecimento das informações necessárias para o crescimento da instituição e da mesma forma saber ouvir os colaborados, por eles estarei mais próximos dos clientes, irão saber as necessidades, problemas e possíveis soluções para os problemas enfrentados; Coragem é uma das principais habilidades que um líder deve possuir, não é todo muito que arriscar milhões de reais em uma operação dita como perigosa para a instituição; Ser honesto, habilidade importante para qualquer pessoa, que estar meio que desaparecendo; conhecer todos os colaboradores e pessoas importantes para a instituição, bem como dos assuntos de relevância e por último e não menos importante, além de ser líder, ser também um discípulo, aprender com os colaboradores e vice-versa. Ser líder não é fácil, até por que você é julgado com tal, e importante compreender essa figura que cresce no mundo hoje, ainda mais será que futuramente você também não será um?